O Ministério da Saúde, por meio do Programa Nacional de Controle da Tuberculose, e a Frente Parlamentar pela Luta contra a Tuberculose fizeram a entrega de cinco equipamentos para a realização do teste rápido para tuberculose na Bahia, através do SUS. “O teste de biologia molecular detecta a doença em 90 minutos, enquanto o método usado desde a descoberta do bacilo, há mais de 100 anos, pode demorar mais de um mês para dar o resultado, com maior margem de erro”, disse o coordenador do Programa Nacional, Dráurio Barreira, para o público reunido na Praça da Revolução, em Periperi. Presidente da Frente Parlamentar, Antonio Brito destacou “a luta iniciada há décadas por nomes como José Silveira para sensibilizar a sociedade para o combate à doença, o que avançará bastante com o novo teste, que fornece o resultado com rapidez e com quase 100 por cento de acerto”.

A realização do evento em Salvador foi articulada pela Fundação José Silveira (FJS), através do IBIT – Instituto Brasileiro para Investigação da Tuberculose, com o apoio das Secretarias Estadual e Municipal de Saúde. A programação incluiu atendimentos para identificação de sintomáticos respiratórios, oficina alimentar, com dicas de nutrição saudável, e show da Banda Didá. “É uma grande satisfação constatar que a população baiana em situação de carência terá acesso ao tratamento com mais agilidade, graças ao diagnóstico precoce com o novo equipamento”, afirmou o presidente do Conselho de Curadores da FJS, Dr. Geraldo Leite. A importância desta conquista também foi destacada pelo coordenador técnico-científico do IBIT, João Carlos Coelho Filho, que salientou a atuação histórica do IBIT para assegurar assistência médico-social aos baianos e a cura da doença.

Durante o evento, o coordenador do Programa Nacional de Controle da Tuberculose comentou que o novo Plano Global de Controle da doença, apresentado esta semana, em Genebra, na Suíça, traz como uma das novidades o suporte social para que os pacientes em situação de carência não abandonem o tratamento. Esta é uma prática adotada pelo IBIT desde o seu início. Dráurio também comentou que, durante a Assembléia Mundial da Organização Mundial de Saúde (OMS), em Genebra, o deputado federal Antonio Brito foi indicado para apresentar a experiência bem sucedida da Frente Parlamentar pela Luta contra a Tuberculose na Conferência Mundial de Saúde Pulmonar. O deputado baiano foi o único parlamentar brasileiro escolhido para apresentar a experiência do Congresso Nacional nesta área para especialistas do mundo inteiro durante Conferência, que acontece em Barcelona, em outubro.