Com o tema “Cenário Atual e Perspectivas Futuras da Saúde Pública no Brasil”, o Doutor em Saúde Pública pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), Jairnilson Silva Paim, abriu, na manhã do dia 15 de outubro, a Semana do Médico realizada pela Fundação José Silveira (FJS). A série de eventos se estende pelos dias 16/10, com a conferência Tuberculose e Retrovírus, e 18/10, com a cerimônia de entrega do Prêmio Maria Theresa Pacheco, no auditório do IBIT.

Na abertura, a superintendente da FJS, Leila Brito, falou sobre a importância do evento e destacou a participação de Dr. Jairnilson Paim. “É uma satisfação enorme para a Fundação José Silveira promover essa Semana extensiva em homenagem ao Dia do Médico, ainda mais com a palestra desse conferentista com uma trajetória tão atuante”. O consagrado médico teve participação ativa nas lutas pela reforma sanitária, que originaram o Sistema Único de Saúde (SUS).

Em seu pronunciamento, Jairnilson Paim enalteceu o papel da FJS na Saúde do estado. “Me sinto lisonjeado por fazer parte desse evento promovido pela Fundação José Silveira, que tem tradição em pesquisa, especialmente voltada a problemas de saúde de massa, de importância epidemiológica muito intensa, como a questão tuberculose”, ressaltou. Dr. Jairnilson comentou, ainda, o alcance do trabalho desenvolvido pela FJS: “Hoje, a instituição se diversificou em termos de busca de modelos de atenção e gestão mais compatíveis com os sistemas de saúde”.
A conferência inaugural reuniu dirigentes, colaboradores e representantes do Conselho de Curadores da FJS, o representante da Secretaria de Saúde do Estado, Alfredo Boa Sorte, médicos e outros profissionais da área.