Fundação José Silveira

Estudo da Fundação José Silveira é premiado no XXIII Congresso Baiano de Ginecologia e Obstetrícia

Estudo da Fundação José Silveira é premiado no XXIII Congresso Baiano de Ginecologia e Obstetrícia

No último sábado (8), um grupo de pesquisadores da Fundação José Silveira (FJS) foi premiado, durante o XXIII Congresso Baiano de Ginecologia e Obstetrícia, pelo estudo intitulado “Alterações Histológicas em Placentas de Mulheres que tiveram infecção pelo SARS-COV-2 durante a gestação”. O trabalho científico realizado no Hospital Santo Amaro, eleito pelos avaliadores do evento como 1º lugar entre os três selecionados na área de obstetrícia, foi apresentado pelos autores Ana Keila Carvalho, pesquisadora e representante do grupo de estudantes de pesquisa científica da FJS e pelo pesquisador Dr. Jésus Patino.

Como explica a Dra. Lícia Moreira, também autora da pesquisa premiada e coordenadora de Neonatologia do Hospital Santo Amaro, o estudo teve “um propósito de identificar os efeitos do SARS- COV-2 no tecido placentário das mulheres com COVID-19, sendo importante para entender melhor as alterações placentárias no período perinatal de mulheres com COVID”. Durante o congresso, os especialistas participantes discutiram os principais temas atuais em ginecologia e obstetrícia, que envolvem a promoção da saúde da mulher, prevenção de doenças e condutas terapêuticas atuais e baseadas em recomendações científicas.

Seja um doador

Ajude a Fundação José Silveira a continuar transformando vidas. São milhares de pessoas, em situação vulnerável, atendidas gratuitamente em Salvador e no interior da Bahia. Sua doação fortalece nossa obra social e nos auxilia a oferecer atendimento de saúde de qualidade para quem precisa.