O ano de 2017 foi de grandes mudanças no modo como os atendimentos são prestados na unidade. Habilitado como Centro Especializado em Reabilitação tipo II pelo Ministério da Saúde, a instituição redirecionou o formato e os objetivos a serem conquistados com as terapias, ampliando sua atuação a partir do contexto social vivenciado pelo paciente, incluindo a família, a comunidade, a escola e o trabalho.

Dentre as inovações ocorridas no IBR, está o atendimento a pacientes com deficiências intelectuais, Transtorno do Espectro Autista e Síndrome de Down, com a atuação de uma equipe integrada para desenvolver a capacidade funcional e estimular as potencialidades.

O IBR também ampliou o rol de patologias atendidas nos setores que compõem a reabilitação adulto, dentre elas o Alzheimer, com um trabalho especializado voltado aos aspectos neuropsicológicos e cognitivos para melhor qualidade de vida do paciente.