Para Dra. Juliana Rocha, Promotora de Justiça, “a Santa Casa de Jequié tem se mostrado atenta às demandas de saúde da região e aberta às sugestões que visam o aprimoramento dos serviços. São notórios os avanços alcançados nos últimos anos e considero salutar a aproximação dos municípios atendidos para contribuírem com esse caminhar”.

É sobre a atuação conjunta e incentivo a novos projetos. “Passados 10 anos de funcionamento da Santa Casa de Jequié, é uma alegria constatar o número de pessoas beneficiadas pelos serviços de obstetrícia e neonatologia, reabilitação, tratamento do câncer de mama, além das ações de saúde em prol das comunidades mais carentes. Ter a qualidade dos atendimentos atestados pela certificação ONA 2, e poder contar com o apoio do Ministério Público, na pessoa da Exma. Dra Juliana, só é possível graças ao trabalho de uma equipe séria, qualificada e comprometida com a assistência aos pacientes”, afirmou Carlos Dumet, superintendente institucional e financeiro da Fundação.